terça-feira, 5 de março de 2019

Fechamento Mês Fevereiro 2019 +0,61% [É Carnaval!!][Clímax]



Papel Rendimento Mês
Fundo de Investimento ações -2,35%
Fundo ETF -0,94%
Ações -3,36%
FII -1,02%
Renda Fixa +1,31%
Poupança +0,37%

E aí estão os números deste mês que passou, depois da explosão de Janeiro (alta positividade com o governo Bozo), esse mês deu uma baixa geral, IBOV caiu, logo tudo meio atrelado a ele também caiu.
Não tenho ações da VALE3, mas quem tiver deve estar se lamentando, o presidente já caiu fora, e tem notícia que o governo quer multa-la em 20% do patrimônio é de lascar. (Não que não mereçam, pois a cagada lá foi monumental, morreu gente que só e ferraram Minas Gerais pela segunda vez).
Apesar desta pequena retração, o ano ainda está com +3,39% de aumento.
* * *
Sobre a revolta da previdência, espero que ela vá para aquele lugar, pois é uma piada de extremo mal gosto, se passar do jeito que está, está cheia de cavalos de troia e é basicamente pau no lombo, em especial de quem já vinha contribuindo.
Como que dizem que respeitam contratos quando no meio do jogo mudam as regras? Respeitam contratos para empresas, para o povão que ele se dane cara pálida. Regras novas para quem é novo, e que pode lidar com isso no futuro, mas fazer quem se organiza ter que mudar todos os planos por que dizem que ela tem Déficit é ridículo.
Claro que eu e a Jane Baker estamos trabalhando pela IF e não contamos com o INSS na nossa conta no futuro, mas as falácias que falam chegam a serem risíveis. É aquela história que tem água vazando na sua casa, tá molhando tudo, você vai perder os móveis, os eletrodomésticos, etc... O que você faz? Enxuga o chão ou troca os canos? Resposta do governo: Enxuga o chão? Errado. Conserta o cano? Errado. Explode o chão! Prevejo umas incertezas pela frente e se o desgaste continuar do jeito que está, e não aprovar nada até Junho o "senhor mercado" vai começar a duvidar do comando maluco.

* * *
Mas é Carnaval, pena que fiquei resfriado e acabo de descobrir que estou com um início de hérnia de disco (muito tempo sentado dá nisso). 
Mas até deu para curtir sem gastar muito, assisti Alita no cinema (menos ruim que eu pensava) e organizei a minha viagem pela serra fluminense de Abril.
Sobre filmes, assisti ao filme Clímax do Gaspar Noé. Como gosto de filmes bem doidos, e esse não foi exceção posso dizer que assisti-lo se assemelha a ficar chapado (pelo menos como uma grande bebedeira). Recomendo assisti-lo usando Home Theater e com o som equilibrado. É uma verdadeira viagem ao inferno! O enredo pra resumir: Uma companhia  de dança moderna (lembra o passinho) está comemorando a conclusão de um ensaio e resolvem fazer uma festa. Só que alguém colocou alguma droga na Sangria que todos estão bebendo e todo mundo começa a alucinar.
Quem conhece o canal do Getro, dá uma olhada na crítica dele:

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Fechamento do Mês Janeiro/2019 [+2,82] + O Lagosta

Tentando retomar as postagens, e retomando os balanços do mês:

Papel Rendimento Mês
Fundo de Investimento ações +9,14%
Fundo ETF +8,27%
Ações +10,72%
FII +2,82%
Renda Fixa +2,22%
Poupança +0,37%

Novidade, todos os indicadores positivos. Acho que faz tempo que não vejo isso! E pela primeira vez logo as Ações foram o indicador que mais subiu.
IBOV subindo forte com as expectativas de uma aprovação da reforma da previdência... Venha como venha ela será amarga, horrível e sem sentido. Já que a tendência é empurrar as pessoas para a Pejotização MEIzação e subempregos, a coisa vai ser pega para capar. Bom, como nunca contei com esse dinheiro do INSS é perseguir a IF de todo jeito.
Parece que corrigindo a inflação do período e a queda do real frente ao dólar IBOV era para estar em 130 mil pontos. Se agora ela se encontra em 97 mil... Bom essa festa ainda vai durar um tempinho.
Apesar de notícias ruins logo nesse início do ano a respeito de emprego, vamos ver o que vai acontecer, espero que nada rsrsrsrs Mas nunca se sabe, o importante é estar preparado!

* * * 

Assim, decidi me conter um pouco, nada de viagem para fora do Brasil até saber qual é a deste governo (já sabemos qual é, mas não sabemos até onde vai). Por hora eu e a Jane Baker vamos passar uma semana na Serra Fluminense entre Petrópolis e Teresópolis. Tem uma parte de trilhas, cachoeiras ecológicas legal, além de um friozinho de leve em Abril. Um tio meu que mora em Teresópolis vai fazer uma festa a fantasia para comemorar seus 70 anos, aí ainda vai haver mais essa festa para fechar as "férias". Qual a nossa fantasia? Vincent Vega e Mia Wallace

O chato é estar deixando o cabelo crescer, no trabalho ficam brincando o tempo todo mas eles que se F***. É inveja por não terem o cabelo liso (se ainda tiverem cabelo!).

Filmes: Na Netflix tem um filme super-doido, o nome é O Lagosta. É uma comédia, mas poderia ser um drama de futuro distópico meio Black Mirror. Enfim, é diferente de tudo que já tinha visto. O diretor é fodástico, só para dizer, ele está cotado pro Oscar por "A Favorita", e ele também fez "O Sacrifício do Cervo Sagrado" outro filme muuuito louco, recomendo assistir, mas se a pessoa só quer coisa tipo Vingadores Utron, ou Velozes e Furiosos... pode esquecer! Olha o Trailer:

Abraços e bons investimentos!

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

VIagem a Dresden - Alemanha [+ fotos]

Retomando essa bagaça aqui, da República Tcheca pegamos um trem de Praga para Dresden, a capital da Saxônia Alemã. A dica que dou é comprar o bilhete no site da Deutsche Bahn (https://www.bahn.de/p/view/index.shtml). Lá escolher a opção Praga-Berlim com Stopover em Dresden (sem nenhum custo adicional!). Vale muito a pena, você usa o mesmo bilhete para as duas viagens (lembra de guardar!).
E outra coisa, lembra de reservar lugar no trem, em especial se estiver com gente um pouco insegura com o ambiente. Meus pais estavam comigo neste trecho e ficaram "receosos" de ficarem longe de mim por não falarem nada de inglês. Enfim, evitem esse stress desnecessário.


Como íamos seguir viagem e só tínhamos duas noites, ficamos em um hotel perto da estação de trem de Dresden, o Intercity. É impressionante que tantos anos após ter sido arrasada pelos aliados, a cidade ainda é um grande canteiro de obras. Com certeza ser Engenheiro Civil na Alemanha deve ser uma profissão com um amplo mercado.
Nossa intenção era conhecer as redondezas, pois chegamos umas 12:00, fizemos check-in e saímos pela cidade a pé, ah sim,  a viagem de trem de Praga passa por paisagens lindas (fique do lado direito do trem!).

Estávamos com fome e a primeira coisa que vimos rápida e barata são os famigerados Kebabs (tem um em cada canto da Alemanha dada a forte imigração de turcos lá). Por todos os cantos você vê "Döner Kebab" escrito. São basicamente dois tipos principais: Kebab in Brot (no pão) e Kebab in Durun (aquele enrolado no papel aluminio). Abaixo os umas fotos que achei na net para facilitar a escolha:

Kebab in Durun
Resultado de imagem para durum kebab

Kebab in Brot
Imagem relacionada

Eu prefiro o Durum por ser mais autentico, peça com pouca pimenta e extra Garlic (comida árabe sem alho não existe!!). E claro tomei com uma cerveja (Tuborg, muito boa!).

Fomos andando pela Praguer Strasse cruzando modernas lojas (tem até uma T.K Maxx, que é a versão alemã da T.J Maxx americana, sempre se encontra algo de marca barato por aqui). Mas o Euro tá caro... então esquece! Passamos pela frente das principais atrações, a entrada do Zwinger e depois a Frauenkirche. A Frauenkirche estava fechada por ser domingo (igreja luterana, já havia tido o serviço do dia), e o Zwinger fechava as 17:00, como já era 15:00 não valia a pena pagar o preço total para só duas horas de museu. Resolvemos continuar o passeio a pé pela frente do rio Elba. Lugar realmente bonito.
Notei bem poucos estrangeiros em comparação com Praga (Ok, é covardia comparar). Mas vi muitos Alemães (muitos grupos de idosos). Cheguei a constatação que Dresden é mais uma cidade de turismo regional.
Como escurecia às 21:00 ainda tinha muito para ver e por se tratar de uma atração ao ar livre (e gratuita) fomos na rua do Fürstenzug (https://goo.gl/maps/4sYrmLfR4552).

Resultado de imagem para Fürstenzug

O Fürstenzug é um enorme mural de cerâmica que mostra como se fosse em procissão diversos reis e nobres que comandavam a saxônia através dos séculos. É praticamente uma aula de história, um grande infográfico artístico.  Nele estão retratados desde os reis da idade média lá no fim do lado direito, depois os da época do renascimento até os anos de 1800 na esquerda.

No dia seguinte (segunda) fomos ao Zwinger, ou melhor, não fomos, pois cometi um erro básico de ir a um museu numa segunda-feira (o dia em que eles mais fecham!) E claro não foi diferente, estava fechado... Meu interesse era conhecer a Gemäldegalerie Alte Meister (Galeria dos antigos mestres), e minha mãe queria ver o museu de porcelana. Bom, eu tinha um coelho na cartola, já tinha me precavido com um plano B: Dresden Schwebebahn.
Munidos do bilhete de trem com viagens à vontade durante a estadia que o Intercity fornecia aos hóspedes, atravessamos a ponte do rio Elba a pé e chegamos a Neustadt (cidade nova), que era o cartão de visitas da DDR (sim, Dresden ficava na Alemanha Oriental). Almoçamos por lá antes de seguir. Esta parte da cidade, bem diferente da parte histórica, tem aquela estética comunista (predios compridos e monótonos até perder de vista). Contudo, está sendo revitalizada, e nos andares debaixo existiam lojinhas e cafés (parecia a parte Hipster da cidade). Em Bucareste, anos atrás, eu vi coisa bem mais comunista raiz que isso, mas essa é outra história e viagem...  Da Neustadt pegamos o metrô (ou seria elétrico?) até a parada Schillerplatz (acho que demorou 1h) e de lá andamos até a entrada do Schwebebahn. Eu gosto de pegar transporte público para conhecer de verdade!
O Schwebebahn é um bonde suspenso, mas ao invés de cabos, são trilhos. Você sobe até o ponto mais alto de Dresden. Olha a vista dessa minha foto:
Subimos com um grupo de idosos alemães. Estava muito quente, pra lá de 35 graus. E olha ...um cheiro de sovaco mal lavado terrível dos velhos!!!! Havia no bonde um audio que explicava algo, mas estava todo em Alemão, então foi ver a paisagem mesmo.

Voltamos ao hotel e já era umas 15:00, mas só foi para um leve refresco pois tinhamos que ir a Frauenkirche. E conseguimos ir! Ela é uma igreja protestante que foi completamente destruída pelos aliados, tendo sido reconstruída só nos anos 90 após a reunificação alemã. Tem uma estátua de Lutero na frente e no subsolo uma exposição sobre a destruição e reconstrução da igreja.
Acho bem interessante visitar, talvez seja pelo fato de estar acostumado desde sempre com igrejas católicas, entrar em uma igreja protestante tão antiga é algo diferente. (Com certeza as igrejas são bem mais sóbrias que aquele delírio de beleza das igrejas católicas romanas.)

No dia seguinte, íamos de trem para Berlim ao meio-dia, mas perae... e o Zwinger? Bom, acabamos que tivemos que fazer o que não queríamos, passar por todo o museu em 2 horas (das 9:00 às 11:00) e correr pra estação de trem. Só fomos eu e a Jane Baker, meus pais acharam que era muita correria. Foi um pouco corrido mas deu certo!
Tem o famoso quadro de Canaletto da visão de Dresden.
Vamos comparar as impressões de Canaletto  e Chinaski de 2018?
Canaletto vendo Dresden (1751)


Chinaski vendo Dresden (2018)

Bom é isso, aí corremos para a estação de trem. Próxima parada Berlim.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Voltei

Depois de umas eleições deploravelmente sórdidas (sério isso aqui vai ficar a República de Weimar...), volto triunfal para aceitar meu destino de oposição a basicamente tudo que está aí (como diria Caetano).

Ainda não tenho capacidade de retomar um Post decente, nem retomar meus posts da minha Eurotrip (quiçá a última kkkk).

Apenas registro que meu aumento de patrimônio no ano foi de 10,59%, não consegui superar o IBOV  em 2018 :(

Acabei o livro da biografia do Leonardo DaVinci!!

Vamos ver se tenho saco para retornar a escrever algo por aqui.

Abraços :[

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Praga - Rep. Checa - Impressões [+ fotos]

Vou aproveitar para registrar aqui minhas impressões pelos locais em que passei nesta viagem, e desta forma não me esquecer como aconteceu com outras viagens.

Praga parece um parque temático, tudo bem ajeitadinho (não foi bombardeada pelos aliados), muito bonito e cheio, cheio e cheio de turistas. Você está lá e de repende uma horda de asiáticos (por favor não estou sendo preconceituoso, estou apenas descrevendo o que via): Um guia com um estandarte para o grupo de 20, ou 30 seguirem. Tem homens velhos, geralmente idosos jovens, eles sempre usam uma jaquetinha como aquelas de repórter, marrom e cheia de bolsos. Quase nenhum idoso tem cabelo branco (haja Jenna!) Tem as senhoras de chapeuzinho de Eliana dedinhos, óculos escuros e bem protegidas do sol, e claro tirando foto de TUDO. Ah, e sempre tem uns jovens (nao muitos). Se forem mulheres geralmente estão em dupla, sempre muito bem vestidas (roupa de grife quase sempre) e aparentemente sempre cheias de protetor solar. Os rapazes são engraçados, no geral com cara tímidos e bem simpáticos. Todos os jovens sempre sorridentes. E lá vai o batalhão atrás do guia. Corra por que quando eles chegam, o agito vai ser certo!
Bom, onde fomos:

  • Old Town Square (o relógio estava em obras!)
  • Bairro Judeu (atrações BEM caras, tem que pagar para visitar as sinagogas e o cemitério, não sei se recomendo apenas para quem tem interesse em história... Para entrar os homens recebem kipá, que até vale como souvenir)
  • Castelo de Praga (vale muito a pena ir! É incrível, incluindo a coleção de armas medievais e a catedral de São Vito)
  • Ponde Carlos (tem que ir de dia e a noite, antiquíssima e bela)
A respeito dos Tchecos, achei-os bastante simpáticos e pacientes dada a quantidade de turistas, a moeda por ser Coroa Checa e não Euros nos dá algum alívio frente a escalada do Euro de ultimamente. Preços convertidos para real em Junho/2018
Cerveja 500 ml (Pilsner Urquell) - 8 reais
Tábua grande de frios - 25 reais
Joelho de Porco (comem 3 pessoas) - 40 reais

Praga é uma cidade festiva e pequena, tudo dá pra fazer a pé e o transporte público é barato e eficiente (apesar de cheio, mas isso é por causa dos turistas, ingleses bêbados, americanos bebados, todos bêbados nas ruas pela noite). Outro destaque são os vinhos checos, em especial os brancos que valem muito a pena sempre provar. De comida sugiro provar o Goulash, que nada mais e que um ensopado de carne cozida com pão. Dicas REAIS de Praga vi neste link. Restaurante barato e bom, sem cara de pega turista (bar real frequentado por locais, com cerveja Urquell barata sugiro esse, peça um prato chamado Old Rope).
De Praga pegamos o trem para Dresden. Na verdade comprei no site da Deustche Bahn um bilhete com Stopover de 48 horas em Dresden pelo mesmo preço do trem direto para Berlim, vale muito a pena. So lembrem de reservar os assentos (complicado no site todo em Alemão). A viagem passa por paisagens muito bonitas, melhor ficar do lado direito do trem que margeia o rio Elba.

Imagens :
 Igreja de Nossa Senhora na Old Town Square
 Não é frango assado, lá na rua eles fazem joelho de porco (como se fosse um franguinho)
 Cemitério Judeu (ficava dentro do gueto de Praga, como o espaço "cedido" pelos Nazis para o gueto era tão pequeno as pessoas iam morrendo [e morriam muitas] que as covas ficaram literalmente empilhadas umas nas outras)
Armas medievais: Uma Morning Star, uma Massa, uma Spear (não é a Britney)

Próximo POST (um dia) será Dresden....

terça-feira, 31 de julho de 2018

Fechamento do Mês Julho/2018 +0,95 [Stanley Kubrick 90ª]


Papel Rendimento Mês
Fundo de Investimento ações
+8,89%
Fundo ETF
+8,46%
Ações
+9,22%
FII
+1,72%
TD
+0,95%
Poupança
+0,18%
Esse mês de Julho o mercado corrigiu os delírios da palhaçada greve dos caminhoneiros. Fazia tempo que não via todos os índices positivos. Milagrosamente pela primeira vez na história ganhei da IBOV, 8,88% e eu fiz 9,22%. É ou não o cara!

Como tudo estava bom demais, houve o mico do ano... e se eu disser que uns dias antes do MFII11 levar a comida de rabo da CVM eu não comprei um pouco dele? Tenho bem pouco de FIIs, essa foi a minha quarta aquisição de FIIs e eu devia ter lido como tudo estava antes de ter comprado. O problema é que eu saí de férias no meio disso houve a greve dos caminhoneiros e quando eu voltei estava tudo tão barato que não resisti e comprei... Bom, já dei esses 2 mirréis de MFII11 como perdidos, mas se pelo menos recuperar o valor gasto já vou me sentir feliz. (Claro teve o aprendizado! Isso é o melhor coach que existe!)

Perspectivas: O resultado do ano ainda está negativo (rendimento de -1,53%) gostaria que pelo menos chegássemos em dezembro com algo ACIMA da poupança... Por que senão, na moral... Será que vale todo o trabalho?

O cenário eleitoral continua indefinido e isso vai influenciar o comportamento do mercado. Entendo que a forma como a mídia + justiça conduziu a forma como lidamos com os políticos, tentando manipular a população com maniqueísmos do tipo, os herois e os bandidos, acabou por parir  raiva, ódio e posições por vezes extremadas ao ponto de muitos acharem que a solução para o problema político é a negação da política com viés autoritário. Custo a acreditar que as pessoas realmente tenham tanto ódio do vizinho, do primo, do pai, de qualquer um com um post diferente ao ponto de desejar a morte das outras pessoas... Bom não estou desempregado, não tive queda no padrão de vida após um período de abundância MAS eu também não acredito em tudo que passa na Globo, Veja, Jovem Pan etc... Cada um com suas vivências e limites.

* * *
Filmes: Bom, assisti Homem Formiga, achei Ok. Cada dia com menos paciência pra filme de heroi... Assisti Missão Impossível Fallout (o melhor da série, entretenimento puro!) Fiz as fidelidades da UCI Unique e o Cinemark Mania. Na moral vale muito a pena, em especial se você vai assistir ao filme da semana, consegue num dia de final de semana pagar R$15,00 em filme 3D eu acho que vale (sem essa de carteirinha de estudante falsa... isso é coisa de paneleiro que vai cobrar ética [dos outros]). Ah, o Cinemark Mania dá desconto na pipoca (a de chocolate é TOP!)

Stanley Kubrick faria 90 anos semana passada, e se fosse escolher seus 5 melhores filmes, em ordem seria: 2001, Barry Lyndon, Eyes Wild Shut, Iluminado e Fullmetal Jacket 
(não gosto muito de Laranja Mecânica e Dr. Fantástico... gosto mesmo). 
Singela homenagem, olha a beleza da trilha sonora de Barry Lyndon, outro dia passei a manhã trabalhando e ouvindo...

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Fazendo Probiótico usando Kefir

Neste post como forma de contribuir com a finansfera vou detalhar como utilizar Kefir de leite para fazer um probiótico baratíssimo e saudável em casa e que consegue substituir tranquilamente o qualquer iogurte.

A parte mais difícil do Kefir é a parte hiponga da coisa, é preciso conseguir o Kefir com alguém. Ele normalmente não é comprado em lojas naturebas tipo "Mundo Verde", então o jeito é ir no boca a boca em conversas sobre atividades saudáveis e saber alguém que tenha para doá-lo para você. A pessoa vai te entregar em um potinho umas bolinhas brancas, provavelmente com um pouco de leite dentro e tapado com papel filme. Não estranhe o cheiro, é de leite azedo ou coalhado, mas tá tudo bem! Não é urgente mas  o quanto antes coloque a sua doação em um ambiente refrigerado, de preferencia na bandeja mais alta da geladeira. Feito isso vamos à parte fácil, fazer o iogurte, anote o que é necessário:
A cara do Kefir:



1. Uma jarro de vidro (serve aqueles que se usa para por suco que tem 1 litro);

2. Uma colher de plástico comprida;



3. 1 litro de leite INTEGRAL desses em caixinha longa-vida (qualquer marca);

4. Toalhas de pano

5. Cinco a seis copinhos de vidro (pode ser aqueles que continham azeitona, geléia, extrato de tomate), prefira esses menores pois o de requeijão acho muito grande;

6. Uma peneira larga de plástico (dessas quase do tamanho de um prato)

7. Papel filme

8. Um recipiente de plástico (pode ser um antigo pode de sorvete)
Passo 1: Pegue o seu Kefir doado e coloque-o no jarro de vidro 1 e depois vá enchendo com o leite 3 até quase a borda do jarro, se sobrar leite pode beber, como há o Kefir já no jarro sempre sobra um pouco da caixinha. 

Passo 2: Pegue a colher 2 e misture o leite e o Kefir no jarro 1 mexendo bastante.

Passo 3: Pegue a toalha (podem ser panos de prato) e cubra a jarra para deixá-la escura e deixa fora da geladeira por 24 horas, isso que você leu, um dia inteiro fora da geladeira no escurinho. 
(Eu gosto de fazer por exemplo, domingo à noite para já ter o iogurte pronto na terça de manhã)

Passo 4: (24 horas depois...) Pegue o jarro, você vai ver que a consistência mudou um pouco, o leite meio que coalhou e pode ser que haja uma separação entre o iogurte e o soro. Pegue a colher 2 e misture um pouco. Aí pegue a peneira 6 e o recipiente 8 e vire o jarro 1 para peneirar a mistura, você vai ver que o iogurte vai cair e vão ficar na peneira umas bolinhas de leite, similares às que você viu no potinho da doação. 

Passo 5: Do recipiente 8  vá virando nos copinhos o iogurte e depois tape-os com papel filme e pode por dentro da geladeira como se fosse iogurte (usei até um pote de requeijão antigo com a tampinha, dpa certo!).

Passo 6: Pegue as bolinhas da peneira 6 e reserve em um potinho e coloque na geladeira do mesmo jeito que recebeu. O Kefir é imortal, você usará estas bactérias indefinidamente!

* * * 
Eu gosto de comer o Kefir de manhã no café da manhã, pego um dos copinhos, ponho adoçante ou açúcar e um pouco de granola e fica DEZ! Como é mais que um iogurte industrializado (mas sem acidulante, estabilizante, conservante, goma xantana, espessantes, corantes, leite revertido) ele alimenta mais e melhor!
Vejam o nível da economia: Por exemplo peguem um pack de 6 iogurtes gregos da Danone, que se você tiver sorte, encontra por R$7,00. Cada copo tem 90ml, e os 6 da cartela foram apenas 540ml de alimento. Já o Kefir você pode fazer até 1 litro de probiótico (quase o dobro!) pelo preço de um litro de leite, que eu comprei hoje mesmo por R$3,29!
E nem estou falando no impacto ecológico dos copinhos de plástico rolando por aí por anos!

domingo, 1 de julho de 2018

Fechamento Junho/2018 [-1,11%] + Reunião de Turma 20 anos depois

Vou logo juntar os dois meses in a roll, já que fechei maio outro dia vou fechar junho também.
Junho foi um mês ruim, mas pelo menos foi menos ruim que Maio. Se em Maio meu patrimônio recuou 3,71 %, neste mês a queda foi de 1,11%.
Poderia ser pior já que o IBOV caiu 5,2%, mas acho que se não houver nenhuma vampirada escandalosa, esse mês já vejo um viés de alta, apesar de que, para recuperar a meleca que foi esse ano só com muita calmaria, o que está bem difícil.
Papel Rendimento Mês
Fundo de Investimento ações -5,83%
Fundo ETF -5,2%
Ações +0,48%
FII -0,23%
TD -3,78%
Poupança +0,37%

Esse mês foi bem parado, só voltei de viagem dia 15 de junho e decidi não investir nada pois ia vir a conta do cartão de crédito da viagem e o mercado estava um lixo, como juntei com as férias foi o meu cirtuit break pessoal. Olhando em detalhe cada índice, todos melhoraram, havendo até uns positivos. Vou aproveitar os preços baixos para dar umas compradas em uns papeis de qualidade e reforçar umas posições após um mês sem aportes.
* * * 
Ainda vou escrever posts obre a minha viagem que foi excelente (apesar do Euro), fiz: Frankfurt->Praga->Dresden->Berlim->Amsterdã->Roma->Florença->Milão.
Tentarei ser um pouco detalhista até para deixar como registro, pois viagens anteriores eu sempre digo que vou registrar e não registro, aí quando fico tentando lembrar, me esqueço de trechos importantes, mas isso ficará para Julho.

Uma coisa interessante que ocorreu foi que estava eu viajando e do nada me adicionaram em um grupo do WhatsApp com uma pilha de gente, estava meio sem entender até que eu notei que na imagem do grupo havia a foto da camisa que eu usava no 3º ano do pré-vestibular em 1998. Isso mesmo, a 20 anos atrás estava eu prestando vestibular... Aí começam a pedir fotos de cada um: "E aí pessoal, cada um põe a foto de hoje para todo mundo lembrar! Vamos lá!". Eu a princípio senti vontade de simplesmente sair do grupo, afinal eu sinto que deveria existir o direito ao esquecimento, afinal não é por que não havia WhatsApp em 98 que eu perdi o contato com tantas pessoas. Será que ninguém pensou que pode ser que diversas pessoas naquele grupo não tinham mais contato por que simplesmente ninguém naquela turma era relevante/ importante para o outro?

Bom, não mandei nenhuma foto, mas um feeling voyeristico tomou conta de mim e fiquei analisando o papo do pessoal e as fotos, e tentando me lembrar de cada um, afinal comigo houve a peculiaridade de estar na mesma turma desde a 4ª série até o 3º ano pré-vestibular, ou seja 8 anos com a mesma turma! Olhando bem, mantive contato com quem era relevante e já passei mais tempo sem o resto da turma (20 anos) do que com eles (8 anos).

Enfim, as meninas ou mandavam foto ou com os filhos e com cara de bem cansadas, ou se mandavam fotos sozinhas era com esses filtros de imagem para disfarçar, geralmente em alguma festa no estilo camarote VIP. Os caras, mandavam ou foto com filho ou fazendo alguma atividade, tipo correndo, ou em um bar levantando uma cerveja, ou em um carro usando óculos escuros. Naquela época tinha plena consciência que haviam ricos na turma, e diferenças sociais (caramba em 1990 eu tinha 9 anos mas já estava ciente de muita coisa!) Um desses riquinhos foi para a Copa na Russia e fica constantemente mandando foto no grupo, descobri que é filho de um político daqui do estado (do PP hoje em dia, vejam que grande merda, mas naquela época devia ser outro partido já que esse cocô de partido fisiológico nem existia nos anos 90, mas tá explicado de ser rico). Aí soube de algumas histórias, uma menina virou juíza, outra teve leucemia, um mora nos USA, outro, na Suécia, uma das meninas teve 5 filhos (parideira ein!), um virou religioso fervoroso, outro virou Bolsominion. Umas meninas parecem estar encalhadas pois só mandam foto em festa (com filtros sempre). Falam dos professores que já morreram, do colégio que parece que vai fechar, falam muita merda de política (acredito que uns 70% são coxinhas, dado o nível debolóide do papo). Os gordos ficaram magros e estão querendo marcar uma reunião presencial no final do ano. Será que devo ir?

Depois das férias tem dado uma preguiça em escrever por aqui, um amigo meu se divorciou depois de 7 anos casado e podia falar sobre isso, um artigo que li na The Atlantic sobre o Amazon Flex podia ser um tema, futebol e copa do mundo podiam ser outro, minhas dúvidas com a Jane Baker entre ter um filho ou continuar com mais viagens (agora estamos querendo ir para a Ásia)... Vamos ver se Julho me anima.

Att

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Fechamento Maio/2018 [-3,71%] + Musique

Concluo isso tardíssimo (dia 26/06!)
Primeiro estive em férias viajando e voltei recentemente, o Brasil pegando fogo e eu não ia ficar procurando internet pra conseguir ver se perdi 0,3% ou se a coisa ficou menos pior que isso... NÃO! Mas coisa ficou MUITO pior. Vou tentar montar as coisas em formato tabela todos os meses:

Papel Rendimento Mês
Fundo de Investimento ações -10,26%
Fundo ETF -10,87%
Ações -11,84%
FII -7,09%
TD -3,78%
Poupança +0,37%

Os números são de DOER, realmente o vampirão caprichou desta vez. Pior é o discurso que ele "salvou" o Brasil... Não acompanhei bem o caos pois estava viajando (quase deu zebra na viagem por causa dessa greve desses coxinhas caminhoneiros).
Analisando de forma global, meu patrimônio caiu -3,71% neste mês de Maio/2018. De longe o pior investimento foi o fundo ETF que como tal seguiu a IBOV rumo ao buraco. Em resumo, chegamos na metade do ano e todo esse esforço, estudo, etc... não valeram nenhum dinheiro além de experiência, pois tudo que tinha conseguido em 2018 foi perdido no mês de maio. Esses números não me abalam muito pois meu % em renda variável é pequeno < 10%.
As perspectivas para o final do ano são as piores possíveis, incertezas totais no cenário político não levam a um cenário animador, a economia não se recupera e o nível de desemprego continua alto, mesmo após a fuleiragem reforma trabalhista.
O TD deu uma melhoradinha, está finalmente andando de acordo com a realidade (os papeis de IPCA estavam irrealmente baixos dado o cenário do país), como acredito que a SELIC tem viés de estável para cima vou colocar um pouquito que sobrou da viagem por lá.

* * *
Como sempre, uma diquinha, uma banda que conheci nesta viagem: Everything, Everything
Bom eles são britânicos e o estilo é dificil de definir, Art Rock? Eu achei com uma pegada meio Indie... É boa! Gosto da segunda Distant Past e Get to Haven.

domingo, 6 de maio de 2018

Fechamento mês de Abril/2018 -2,21% + Férias

Mês péssimo para investimentos...  houve uma coincidência inevitável que fez cair meu patrimônio. Ações foram pro saco, de longe o pior mês do ano, pelo visto as empresas mais sólidas foram as que mais desvalorizaram nestes tempos de incertezas políticas, guerra comercial Trump x China, dólar subindo e país beeeem pessimista como um todo.
Entre as coincidências houve uma LCA antiga que chegou na data-fim e por causa disso tive que reorganizar os investimentos em outros locais, isso já significou perder rendimentos que tinha todo mês desta aplicação.

O fundo ETF que disse no post anterior que tinha aplicado não foi mal, replicou com precisão a IBOV em 0,88% no mês (show!), bem melhor que a porcaria da minha carteira de ações... Outro produto "Bastter-Lixo" que rendeu beleza foi o Fundo Alaska, 1,4% ao mês.
FII continuam "de boas" renderam 0,45% a.a (ainda melhor que a poupança!).

Esse mês vou entrar de férias (de novo?!), aí vou fazer só o básico dos meus investimentos padrão e deixar a vida seguir. Tá difícil pensar em algo que valha a pena investir sem ter muito trabalho. Derrubaram a SELIC mas o resto continua tudo uma merda, ainda não vi o sentido disso... Com os USA com viés de alta na taxa de juros deles essa nossa SELIC cocô baixa não deve se segurar mais, a Argentina mesmo com o Macri "salvador da pátria direitista" tá ferrada... juros em 40%. Aqui  quem já não investe nessa budega que não vai se aventurar aqui tendo os Treasuries para comprar...


E o banco Neon... quebrou né... bom ainda não confio muito nesses bancos, no máximo um Nubank com cartão de crédito e só. Fica a lição
* * *

Para a minha viagem está tudo pronto, o dólar/ Euro subindo forte, mas grande parte da hospedagem já está paga, assim como as passagens, Ufa!! etc... Meu roteiro será: Praga -> Dresden -> Berlim -> Amsterdã -> Roma -> Firenze -> Milão. Pretendo ir escrevendo as minhas percepções dos locais, vamos ver se tenho fôlego pois ultimamente tenho estado tão ocupado que a minha dedicação para blog/ finansfera está baixa. Pretendo visitar alguns marcos de guerra: O museu militar de Dresden, o campo de concentração de Sachsenhausen perto de Berlin, o museu da Alemanha Oriental, a Topologia do Terror e a casa de Anne Frank em Amsterdã, além das ruínas de Roma e Pompéia em Napoli.

Dica de filme: Animais Noturnos. Filme bom, mas nao e nada "fofinho". Engraçado que 90% das mulheres em cena são ruivas (fetiche?)


terça-feira, 3 de abril de 2018

Fechamento do mês Março/2018 +0,12% [Férias]

Pois é, em um mês que o IBOV registrou alta de apenas 0,03% minha carteira de ações,  ficou o mês com -0,95%. Grande parte por causa de CIEL3 que continua em queda livre, tal como o gráfico mostra:

Pelos meus estudos a empresa é boa, assim essa é a hora de ter sangue frio e não vender (seria pra comprar?) E assim farei, nada no balanço dela diz que não é boa. Deixo então ela sob-judice.

Na renda fixa, repito que ainda não sei até onde é válido acompanhar "crescimento" patrimonial quando se tem muita alocação em Tesouro Direto e se vai carregar até o fim, você tem umas flutuações malucas que simplesmente não querem dizer NADA. Ainda, já que a dois meses venho perdendo do IBOV, decidi unir-me a ele, aproveitei uma laminha que tinha de uma LCA que venceu e apliquei tcharam... num fundo de ETF! (muitos consideram ETF em um lixo, um fundo de ETF então...) Bem, foi só pra acompanhar e pelo menos assim, IBOV me vencendo, eu ganho também com isso. Diversificação!

Fiz a compra do CPTS11B e esse mês de abril já vou receber os aluguéis dele. Minha renda passiva mensal com FIIs esta em uns 45 reais (quase nada), minha ideia é inicialmente montar uma carteira de FII que me pague exatamente o valor do meu condomínio (já que não pago aluguel) que aí vou poder dizer pra Jane Baker (a gente mora no custo zero kkk), a meta desse ano é chegar na metade do condomínio sendo paga com FIIs. A carteira de FII rendeu 0,89% nesse mês ahhh se tivesse mais... :)

O fundo de investimento multimercado que o Bastter muitos xingam rendeu em março 0,71% também nada mal para um produto considerado lixo. Mas nessa carteira coloquei pouquinho, mas pelo menos deu uma ajudada a fechar no azul.

Estava de férias e aproveitei para fazer o imposto de renda... Putz, primeiro IR em que coloquei Ações... Foi tão trabalhoso, em especial por ter mais de um papel na mesma nota de corretagem em diversos meses que fiquei com a sensação que vou cair em malha (a ver)... vai que fiz algo errado.
O melhor site sobre preenchimento do IR que achei foi este.

* * *
Nas férias deu para descansar, organizar minha viagem das (próximas) férias,  mas ainda não acabei nem o planejamento do mochilão e nem o livro do Martin Gilbert da WWII. Mas cheguei em 80% dele.
Comecei a ler o livro "Na Minha Pele"  do Lázaro Ramos, está bem interessante, é fininho mas não gosto de ficar com várias threads de livros então vou congelar o Lázaro e acabar logo o livro do Martin Gilbert, que... tem tudo a ver com o Netflix e esta série que sugiro: https://www.netflix.com/br/title/70254851, não sei por que raios está com o nome em espanhol (La Guerra Mundial a Todo Color), mas o fato é que mostra a segunda guerra nos seus mínimos detalhes (tal como o livro que estou lendo) e é toda composta de filmagens da própria guerra que foram colorizadas, Muito Legal! Ela é excelente, no primeiro capítulo mesmo, mostra como o pequeno partido Nazi (Nationalsozialismus) mostra como fascistas podem assumir o poder, até mesmo pela via democrática, quando a população está desacreditada da classe política(Cuidado Brasil!), vale assistir cada episódio.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Mochilão/ Viagem Internacional Econômica - Como Programar? [Parte 2]

Estou de férias então vou adiantar esse post. Nada de finansfera, já me estressei demais fazendo o IR incluindo ações pela primeira vez.
Bom, este é o segundo post sobre dicas de como organizar uma viagem internacional econômica. O primeiro você encontra aqui. Se no primeiro post tratamos  de aspectos macro, como onde comprar as coisas, neste post sera de aspectos micro de uma viagem.
Os pressupostos são que a pessoa quer economizar, quer viajar leve (para não gastar com taxas de bagagem) e a pessoa não tem frescura.
Primeiro vou listar as coisas que NÃO serão levadas numa viagem por serem verdadeiros TRAMBOLHOS:

  • Secador de cabelos/ Chapinha (foi mal princesas);
  • Pau de Selfie (já deu né pessoal, é muito paia)
  • Câmera fotográfica Gigamega grande de 1 milhão de pixels (ok, se o seu hobby for fotografia eu entendo, mas caso contrário, é só mais um bagulho pesado pra carregar, pra se esquecer no restaurante, para roubarem...);
  • Mais de 1 sapato (foi mal princesas x 2), dica, mulheres, em aeroportos fora dos USA se você estiver de botas irão mandar vocês tirarem pois tem gente que leva drogas dentro dos saltos. Se for no USA mandam todo mundo tirar o sapato anyway...
  • Notebook (se a viagem não é a trabalho, por favor deixa isso em casa, use o celular);
  • E-Reader (use o celular, ninguém morre se ficar 10 dias das férias lendo o livro no kindle do celular);
  • Protetor de passaporte (aquelas capas de plástico, esqueça! Em diversos locais as fronteiras irão escanear seu passaporte e essas camisinhas de passaporte atrapalham este processo, só vai atrasar e receber resmungos do oficial de imigração);

Coisas (Gadgets) para levar:

1) Adaptador Universal

Isso aqui é muito importante, em especial depois que o Brasil inventou o padrão jabuticaba para tomadas, pode ser que carregador de celular, de camera ou outra coisa não funcione no seu destino, em especial se for na Inglaterra que tem um padrão bem doido. Enfim, arranja um, esse da imagem é todo robocop, mas um basicão não custa mais que 10 reais e salva no perrengue.

2) Bateria Portátil
Óbvio que ela tem que estar sempre carregada, para o seu celular, que são os seus olhos, não se apagarem. E esse cabinho aí ainda pode te ajudar, caso você não tenha o item 1) para carregar o seu celular, tenta carregar na saída USB da TV do quarto (se for Hostel apela para a solidariedade).

3) Money Belt (doleira)
O seu passaporte é o seu documento fora do país, deixe ele SEMPRE com você. Nada de colocar no bolso da frente da camisa ou pior, no bolso de trás da calça. Deixe ele sempre no seu money belt. Meninas, nada de colocar o passaporte na bolsa, ela pode ser esquecida ou roubada, deixe ele SEMPRE com você. O money belt serve obviamente para você colocar o dinheiro maior que geralmente estará SEMPRE com você. Eu desconfio dos cofres de hotel e bem, se você estiver em um local melhor diferente do Brasil, a chance de alguém te assaltar armado já é baixa. E se assaltar a chance e ir até aí é menor ainda. Dinheiro maior aqui, o picadinho na carteira.

4) Capa de chuva descartável
Isso é um trunfo caso caia uma chuva, elas são pequenas do tamanho de uma carteira, sendo bem mais prático que carregar um guarda chuva. É bom estar à mão pois numa emergencia salva a pele.

Dicas mais para Mochileiros que ficam em Hostel

5) Toalha superabsorvente de microfibra
Caso você não saiba, a muitos dos Hostels cobram para te dar uma toalha para o banho. Esse preço pode variar bastante, como também se você for ficar mais de um dia acaba com uma toalha molhada na mão ou na beliche onde está. Essas toalhas vendem em lojas de esportes e são ótimas para mochileiros, elas enrroladas ficam do tamanho de um pão francês. Você não precisa secá-la, basta torcer e por na mochila. Nem pensa em levar uma toalha normal do Brasil, esse é o maior mico que se pode pagar, ocupa muito espaço e molhada você não vai saber o que fazer para seca-la, ainda mais se no local fizer frio.

6) Forro de privada
Pode rir do que for, mas dividir banheiro com outras pessoas, que muitas vezes chegam bebadas, comem comida que não estão acostumadas, ou simplesmente não seguem a única regra para banheiros: DEIXE DO JEITO QUE ENCONTROU, pode ser complicado. Recomendo comprar uns dois ou três deste e deixar nas suas coisas, vai por mim você nunca sabe o que vai encontrar pela frente... e vai me agradecer por esta lembrança.

7) Cadeado
Esse cadeado não é para trancar a sua mala (se você foi de mala já começou errado), ele é pra trancar o armário onde as suas coisas vão ficar enquanto você passar o dia fora. Entenda que você pode ficar em um quarto com 4, 6 ou até 8 desconhecidos, então esse item é essencial.

8) Pasta

Essa pasta de plástico, é só para não colocar as folhas dobradas em qualquer lugar e para protege-las caso sua mochila molhe. Basta uma. Que folhas? Você vai imprimir em papel todas as reservas, seguro saúde, etc e colocá-los em ordem cronológica da viagem para caso seja parado na imigração e começarem as perguntas você já tem tudo na mão (ah... as vou por no celular), tenha lá também mas tenha-as em papel, facilita e demonstra organização. O bom é que nas reservas tem o nome do local onde você vai ficar e isso facilita a você mostrar para pessoas se estiver perdido.

9) Caneta

Você está no avião e recebe um papel para ser preenchido e entregue na imigração. Mas preencher como sem caneta? Aí vai ter que incomodar os passageiros pedindo emprestada a caneta. Ou, você está perdido, alguém sabe te orientar. Não perde tempo anotando no celular, anota num papel, ou mesmo na mão. Uma caneta, item tão besta mas faz falta, tenha uma com você na sua viagem.

sábado, 10 de março de 2018

Balanço do mês Fev/2018: 0,29% [filmes]

Esse mês que passou foi ruim, em especial por causa da bolsa. O IBOV fechou em 0,52%, e posso dizer que o meu resultado em ações foi bem pior que isso (negativo).
Como o que tenho em RF pouco rendeu graças a essa SELIC neste patamar mentiroso, essa conjunção de fatores levou os rendimentos para baixo (pior que a RF), mas pelo menos no positivo. O que ajudou a ser menos pior foi que tinha uma sobrinha e resolvi colocar em um fundo de investimento. (Não vou falar o nome para não indicar como investimento), mas o início até que foi bem. Em 3 dias, mais de 2% de valorização, claro esse fundo por ser de perfil agressivo deve oscilar muito, e como sei que performance passada não significa performance futura não vou me animar com isso, até por que houve meses negativos nesse fundo no passado, (que foram compensados com vários meses positivos).
Os preços continuam caros, mas baratos se comparados com os preços lá de fora. Lulinha parece que vai ser preso, aí talvez o dólar caia mais um pouco, apesar de ontem ja ter fechado a 3,22. Isso vai ajudar numa viagem que farei e que preciso comprar moeda estrangeira (um pouco mas não muito). Não vou comprar muito em especie, pois pretendo usar cartão adoidado, facilita e não temos que carregar um bolão de dinheiro.
FII comprei mais um pouquinho (BBPO11) e também deu alegrias, esse mês recebo os primeiros aluguéis, tô de novo de olho no CPTS11B, mesmo após o escândalo do BNY Mellon, se comprar vai para a carteira de mais risco.
Ainda to pensando em entrar em LREN3, o preço deu uma quedinha, empresa saudável com bons indicadores, e na minha carteira não tenho nada da área dela, seria bom para diversificar.

                                                                      * * *
Minha leitura do livro do Martin Gilbert deu uma parada, to em 63%... Suando para acabar, e como dia 19 vou tirar 10 dias de férias impreteríveis, tenho fé de acabá-lo até lá.
Dois filmes legais que assisti (fora Black Mirror) são:
- Good Time
Esse poderia chamar de pequeno grande filme, com o Robert Pattinson que está já a algum tempo tentando se desvincular da "saga" molusco e fazendo bons filmes. Não quero dar spoiler, mas imagina quando uma pessoa parece que faz todas as escolhas erradas na vida. Se passa praticamente em uma noite em NY, onde um cara precisa arranjar dinheiro para tirar da prisão o seu irmão que tem algum espectro de autismo e está preso por sua causa. Destaco a trilha sonora, finalmente valeu o custo do Home Theater, deu uma boa imersão.

- Salyut-7
Lembra do filme Gravidade? Pena que aquela historia foi inventada, mas se fosse verdadeira, a coisa mais próxima seria a história da estação espacial soviética Salyut-7, que por causa de uma colisão de meteoro quase deu PT no espaço, aí enviam cosmonautas (não são astronautas, são cosmonautas!) para tentar conserta-la, e nesse plano de resgate os caras quase se lascam bonitinho.

To preparando um post acerca do Kefir, que arranjei e que está valendo muito em comparação com iogurte. E um segundo post sobre organização de viagem. Vamos que vamosss